Menu

Games antigos x novas TV´s

Hoje em dia é muito comum pessoas que moram em grandes centros urbanos enfrentarem problemas relacionados á falta de espaço. Manter uma TV de tubo especificamente para games retro acaba agravando a situação. Comigo não é diferente.

Como conseguir resolver esse problema?

A solução pode ser abrir mão de algum console para manter a “tubosa” ou limitar o número de jogos.

No meu caso não tive escolha. Fui obrigado a me desfazer da TV de tubo e passei a conviver com uma qualidade da imagem de games antigos nas novas TV´s de Led pra lá de decepcionante.

Rei morto, rei posto! Vamos a luta.

Em conversas com amigos apresentei meu problema a eles, e em princípio, após uma sugestão, acabei por optar pela compra de um conversor Scart/HDMI, além de um cabo Scart para meu Sega Saturn. Importar não é nada tranquilo, mas mesmo assim encarei.

Conversor Scart | HDMI

Conversor Scart | HDMI

Não sou nenhum técnico da área, mas de forma bem simplista, esse padrão de conexão adotado na Europa e parte da Ásia permite, nos consoles antigos, obter o máximo que cada plataforma tem a oferecer, diferentemente de nosso padrão de conexão (AV), que entrega parcialmente o sinal oferecido. Sem nenhum exagero, é uma conexão “suja”.

Enfim, a compra do conversor em si não pesou no bolso, mas o cabo foi caro. A idéia de estender a compra para vários cabos de outros sistemas não foi adiante, mesmo com a enorme melhora na nitidez da imagem, paleta de cores e som.

Novamente me deparei com o mesmo problema e mais uma vez recorri a amigos. Em uma dessas inúmeras conversas, um amigo disse ter desenvolvido um Conversor RGB, que serviria perfeitamente no Mega Drive, Neo Geo AES e Neo Geo CD. Não deu outra: fiz a compra do produto na versão standard* (R$ 250,00 + frete) e hoje estou plenamente satisfeito com o resultado obtido.

Conversor RGB

Conversor RGB

A mudança foi da água para o vinho. Muito provavelmente as imagens a seguir apresentadas não retratam a melhora alcançada.

Imagem superior usando conexão normal. Na de baixo usando o conversor

Imagem superior usando conexão normal. Na de baixo usando o conversor

Espero que outros produtos para games retro sejam desenvolvidos por algum Prof. Pardal (não basta gostar de games, é preciso conhecimento), permitindo que pessoas como eu, com problemas crônicos de espaço, se mantenham na ativa de forma prazerosa.

 

* O desenvolvedor do projeto promete estender a outras plataformas

TV utilizada: Samsung Led, 40”, Modelo UN40D5500RG

https://www.facebook.com/Nandogamesbrasil?fref=ts

Sou quarentão e adepto de que jogo bom é jogo bom em qualquer plataforma, mas não nego que tenho uma enorme simpatia pela Sega. Apesar da correria do dia a dia (família, trabalho, amigos, pescaria, etc.) estou em plena forma na arte da jogatina.

4 comments

  1. Muito bom cara 😀 😀 😀

    • Andre Gomes disse:

      Valeu Filipe Marques.
      A ideia é trocar experiências (bem ou mal sucedidas) a respeito da solução de prolemas que tanto nos atrapalham.

  2. Danilo disse:

    Opa Andre Gomes, conheço o Andrews e vi o post dele no Facebook.

    Muito bacana o post, também ingressei no uso do Scart RGB a pouco tempo e estou plenamente satisfeito. Meu sonho é pegar um Framemeister e me livrar quase totalmente do input lag (totalmente é impossível).

    Uma dica, pela foto parece que você ainda está deixando sua TV para esticar a imagem para 16:9. Se o objetivo é ter o máximo de fidelidade e qualidade isso não é bacana pois estica a imagem, o legal é deixar a TV em 4:3 mesmo.

    Enfim, bem vindo ao mundo do retrogame em RGB puro. Abraços.

Deixe uma resposta

*

Assine o blog por e-mail

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 93 outros assinantes

Calendário

julho 2015
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031