Menu

Review: Zoom! (Mega Drive)

Zoom! - PC

Versão de PC

E aí pessoal, beleza? Eu sou a Anika e no post de hoje vou falar sobre o jogo Zoom!, de Mega Drive.

Zoom! foi um jogo desenvolvido pela Discovery Software e publicado pela Sega. Saiu primeiro nos Estados Unidos, no dia 31 de Dezembro de 1989 e dia 13 de Janeiro de 1990, no Japão.

Poucos sabem, mas Zoom! não foi um jogo exclusivo de Mega Drive, anteriormente teve uma versão para MS-DOS,  Tandy PC/IBM PCjr e Commodore C64/128, porém com um design completamente diferente da que irei mostrar aqui.
Essa versão mais antiga é de 1988.

 

 

Sobre o Jogo
A mecânica do jogo é extremamente fácil de ser entendida, tudo o que você deve fazer é correr pela plataforma e preencher todas as linhas sem que nenhum inimigo encoste em você – caso isso ocorra, você morre.
O jogo possui um total de 6 estágios, sendo que cada estágio possui 6 fases. Ao finalizar esses 6 estágios o jogo é iniciado novamente, porém com uma dificuldade maior.

Review Zoom! 001 - Stage

Tela de transição entre um estágio e outro

Sobre o enredo, não tenho muito o que falar. É apenas sobre Mister Smart (ou Senhor Esperto, em português), um bichinho laranja e estranho que segundo o manual, apenas corre para uma batalha contra os fantasmas do espaço, que são os seus inimigos.

Em cada fase, você possui 120 segundos para finalizá-la. Caso contrário, mais inimigos irão aparecer para te atrapalhar.

A jogabilidade é fluída e além de andar pela plataforma, você também pode pular e soltar bolas de borracha. Essas bolas ao atingirem os inimigos, os empurram para trás permitindo que você consiga escapar, caso eles estejam muito perto – Eu sempre imaginei que essas bolinhas eram cocô… e nem preciso explicar o por quê né… mas no manual, elas são definidas como bolas de borracha.
Essas bolas de borracha não são infinitas, a quantidade é indicada no painel acima, do lado do número de vidas. Quanto maior o tamanho da bolinha lá em cima, maior o número de bolas de borracha você tem para usar.

A cada 1000, 3000 e 5000 pontos, você ganha uma vida extra.
O lado positivo do jogo é que seus continues são infinitos, porém após o Game Over, sua pontuação é zerada.

 

Simplicidade é uma palavra que define bem esse game. O jogo possui apenas 5 inimigos, sendo eles:

Review Zoom! 002 - Inimigos

Ilustração dos inimigos, do manual japonês

Rowdy Finger: Uma mão verde com unhas vermelhas, que te persegue incansavelmente;
Spiler: Uma espécie de esponja azul que apaga todo o rastro que você deixa;
Cue: Um grupo de esferas que percorre as linhas do cenário de modo sistemático;
Spine Spine: Um tipo de ouriço do mar que de tempos em tempos se transporta para pontos específicos da tela;
Charm: Uma água viva rosa choque, que ao encostar em você o deixa mais lerdo;

Os itens, estão em maior número que os inimigos e assim como eles possuem funções bem específicas:
Banana: As bananas deixam a velocidade dos fantasmas do espaço mais baixa;
Ampulheta: Tem o poder de parar o tempo, congelando seus inimigos;
Sol: Deixa o Mr. Smart invencível, dando a ele a habilidade de atravessar os fantasmas;
Esses 3 itens tem a duração de aproximadamente 14 segundos.

Review Zoom! 002 - Itens

Ilustrações dos itens, do manual japonês

Cogumelo: Dão pontos e aumentam a velocidade do Mr. Smart. Se você tiver sido pego por um Charm, sua velocidade volta ao normal;
Asa: Finaliza a fase, independente do tanto de linhas que você riscou no cenário;
Bala Vermelha: Lhe dá 50 pontos;
Bala Verde: Lhe dá 100 pontos (na ilustração ela está azul, mas no jogo ela é verde!);
Estrela: Pode conter qualquer um dos itens que citei anteriormente. É um item surpresa.

 

O jogo possui um modo multiplayer, dando a possibilidade do jogador decidir se joga de modo individual (onde o jogador 1 é o Mr. Smart laranja e o jogador 2, o azul) ou em modo competitivo. Somente no modo competitivo os jogadores jogam na mesma tela.

Review Zoom! 004 - Coop
Eu sempre gostei de jogar no modo competitivo e apesar do intuito desse modo ser apenas competir por pontos, eu sempre o encarei como um modo cooperativo, cujo o objetivo era apenas finalizar os estágios.
Mas claro, isso é uma peculiaridade minha, pois o objetivo real do modo competição já está bem explícito no próprio nome.

Como falei anteriormente, o jogo em si é bem simples e isso inclui também o gráfico e a trilha sonora.
A cada estágio novo, uma nova imagem de fundo é exibida, porém conforme as fases vão avançando, haverão algumas plataformas que irão se repetir.
As músicas e efeitos sonoros são bem limitados, também havendo repetições e sendo bem enjoativas após determinado tempo jogando.

Apesar desses pontos negativos e da simplicidade, Zoom! é um excelente jogo e garante bastante diversão.

Review Zoom! 005 - Gameplay Review Zoom! 006 - Gameplay Review Zoom! 007 - Gameplay Review Zoom! 008 - Gameplay

 

Dicas e Truques

  • Apesar de alguns itens parecerem aparecer de forma aleatória, existem uma ordem que eles sempre aparecem, em cada fase. O mesmo vale para os itens dentro da estrela;
  • Os inimigos não consegue pular para fora da plataforma, use isso a seu favor;
  • Tente sempre percorrer o cenário em linhas retas, pois a cada quadrado que você fecha individualmente lhe dá 10 pontos. Se os fecha em dupla, ganha 40 pontos X o número de quadrados;
  • Quando houve muitos inimigos na tela, atravesse os Charms (caso estejam presentes) para facilitar a finalização da fase;

Na tela de seleção de jogadores, aperte , , , , , , , , A, B. Esse truque abrirá mais opções no menu, incluindo um debug mode.

Review Zoom! 009 - Menu Plus
Para acessá-lo, ative-o no menu e durante o jogo aperte o botão A.

Review Zoom! 010 - Debug Mode

Tela de debug mode

 

Curiosidades sobre os manuais

Existe um erro de tradução no manual da Tec Toy em relação ao dos Estados Unidos.
Em um trecho, há a frase “(…)The lines you skate over will start flashing(…)”, no manual da Tec Toy esse trecho foi traduzido dessa forma:
“(…)As linhas onde você se movimenta com o skate começam a piscar(…)”, dando a entender que Mr. Smart utiliza um skate no jogo. Porém, na versão americana a palavra skate está empregada no sentido de patinar.

Há uma grande diferença na arte da capa japonesa em relação à americana e da Tec Toy, sendo esta primeira muito mais bonita em cores, diagramação e principalmente na capa! A riqueza de cores e detalhes em relação as versões da Tec Toy e americana são realmente de fazer passar vergonha.

 

Review Zoom! 013 - Capa Tec Toy

Capa da Tec Toy

 

Review Zoom! 012 - Capa Japonesa

Capa japonesa

 

Review Zoom! 011 - Capa Americana

Capa americana

 

 

Foto de perfil de Anika Bonny

Colecionadora de videogames, retrogamer e metalhead.

No comments

Deixe uma resposta

*

Assine o blog por e-mail

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 91 outros assinantes

Calendário

dezembro 2015
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031